sábado, 2 de abril de 2016

JEFF BUCKLEY PARA SEMPRE




Quem nunca ouviu Jeff Buckley, precisa ler esse post urgente! Nesse último mês foi lançado um álbum póstumo do cantor, chamado "YOU and I", composto por demos gravadas pelo cantor no inicio da carreira e que até então não eram desconhecidas. Qualquer amante da boa musica, vai ficar arrepiado ao ouvir o disco, sabendo que aquelas demos e covers foram os primeiros trabalhos do cantor para sua gravadora. A qualidade e maturidade vocal de Buckley, já nessa época, são inacreditáveis. Jeff Buckley, foi um cantor e compositor que morreu aos 30 anos, em 1997. O artista que teve uma carreira de enorme sucesso na época, se popularizou principalmente por sua voz, extremamente afinada, e sua beleza. 

Eu já expressei meu amor pela internet várias vezes nesse blog, mas eu sempre sou obrigado a repetir essa declaração. Pois é graças a ela que a gente tem acesso tanta coisa boa, como por exemplo esse projeto interativo com musicas do álbum.

Separei minhas musicas favoritas do disco pra apresentar pra vocês:




 Já ouviu o álbum? O que achou? Me conta nos comentários!!






terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

POR QUE OS FASHIONISTAS AMAM A PRIMEIRA SEMANA DE MAIO?


Eu nem sabia que essa pergunta poderia ser formulada, não fazia ideia de que essa data era celebrada, mas okay se Anna, nos diz que sim, essa data é algo para aguardarmos ansiosamente, respondemos apenas com ansiedade. A primeira semana (confesso que só sei dessa informação agora) de maio é marcada pela abertura das exposições de moda do MET, que tem como organizadora a própria Aninha, que acaba sendo celebrado através do MET GALA (Costume Institute Gala). No ano passado Ana e o museu fizeram a maior exposição até o momento para a ocasião, chamada de “China: Through the Looking Glass” (China: Através do espelho, em tradução livre). Não satisfeitos com toda a polemica gerada com relação ao tamanho da exposição, a festa no museu e discussões sobre apropriação cultural, eles resolveram lançar um documentário que detalha o trabalho por trás da exposição. O trailer deixa clara a intensão de minimizar as discussões sobre a exposição, mas é bem parecido com os outros documentários que receberam a benção de Ana Wintour, editado, editado e re-editado.

Mas nem tudo nesse filme é só Ana, já que parece ter cenas inéditas da festa, do tapete vermelho e principalmente da exposição, o que é o que todo mundo quer ver. Afinal como diz André Leon Talley, no trailer o MET BalL é uma espécie de Super Bowl dos eventos sociais da Moda, não há como não gostar.





QUEM AÍ AMA A PRIMEIRA SEMANA DE MAIO? ME CONTA NOS COMENTÁRIOS!





quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

REVIEW GRANADO: OS RELATOS DE UM VICIADO



Eu achei que seria interessante fazer um post sobre a Granado quando reparei que eu uso, todos os dias, quase cinco produtos da marca no banho. Meu Gel Hidratante facial diário também é da marca, e meu sabonete liquido pras mãos também, assim como vários outros produtos da marca estão na minha necessaire e no meu armário são Granado. Isso me fez ter certeza de que eu sou um consumidor com propriedade para falar dos produtos. E se o objetivo do blog é compartilhar experiencias e meus gostos pessoais esse post teria que existir. Eu conheci a Granado ainda criança e devo confessar eu odiava a marca, foi na casa da minha avó, lá só se usava o sabonete Phebo aquele original, que tem um cheirinho de xarope, sabe? E eu detestava ter que tomar banho lá por que não gostava do cheiro, achava a textura do sabonete esquisita e todos outros defeitos que na época eu inventava pro sabonete. Esse não é um publi. 

Conforme fui crescendo conheci outros produtos da marca e já adolescente usei muito aqueles talcos antissépticos nos tênis da escola, nem preciso comentar o motivo! Alguns anos depois passei a comprar aquela manteiga emulsificante da linha Pink pra hidratar as mãos. Até aí eu nunca tinha parado pra pensar na Granado como a marca que eles são hoje, pra mim era apenas mais uma marca de sabonetes e cremes de supermercado. Quando uma amiga da faculdade me apresentou seus estudos pro TCC e nele estava um histórico sobre a qualidade dos produtos, a tecnologia e a ausência de testes em animais foi que comecei a prestar mais atenção na marca e tudo mudou! Pouco tempo depois, quando abriu uma loja com o portfólio completo, com as linhas de perfumaria, banho, pet, beleza e casa, aqui em Ribeirão Preto é que me apaixonei de verdade.





Primeiro testei todos os aromas da linha de sabonetes. Vale dizer que neste momento me reencontrei com a Phebo e aquele cheiro que eu odiava passou a ser o aroma de uma saudade, hoje é a linha que mais uso! Logo depois comecei a testar os produtos de cuidado da pele e em seguida a linha de cabelos. Um ponto em comum entre todos os produtos da marca é o perfume, a Granado no passado era uma "pharmacia" que trazendo pros dias de hoje e o equivalente a uma perfumaria, então perfume é um elemento muito importante nos produtos. Outro quesito que eu adoro destacar quando indico os produtos Granado pra amigos é a durabilidade, os produtos da marca são eternos (não estou nem falando das embalagens lindas que você pode guardar para sempre como recordação ou decoração).





 Eu sempre gosto de fazer estoque de alguns produtos deles, principalmente do meu Gel Hidratante, mas eu não recomento isso pra ninguém que não consiga manter uma disciplina de passar todo dia ou que se enjoe muito fácil de cosméticos, pois como disse antes eles duram muito! Tenho usado hoje na minha rotina de banho Sabonete Phebo, Sabonete de Enxofre, sabonete de Acido acetílico salicílico, Condicionador Phebo, esfoliante pedra pomes. Eu tenho uma técnica para alternar os produtos, pois se fosse usar todos de uma vez provavelmente não usaria nenhum, mas isso eu explico em um outro post no futuro. Meu principal objetivo com esse texto é apresentar a muitas pessoas essa marca que é 100% brasileira e que faz produtos com uma qualidade muito bacana e tem preços bons. Muita gente tende a achar que por que é brasileiro não é tão bom quanto as marcas gringas, mas não é verdade, muitas vezes pode ser até melhor!










Espero que tenham gostado de conhecer esses produtos. Me apresentem, nos comentários, as marcas que você mais usam! 




quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

O QUE HÁ DE ERRADO COM O STREET STYLE?


Talvez uma das coisas mais legais das semanas de moda, seja a montanha de fotos de street style que rola durante elas. Pode ser das modelos na entrada dos desfiles, dos editores de moda passeando "despretensiosamente" pelo hotspot dos fotógrafos, ou de bloggers e convidados dos desfiles, que investem tempo, muito trabalho de PR, criatividade e estilo para conseguir aquela foto de capa no vogue.com, gq.co.uk, vogue.it, e muitos outros. E apesar das duras criticas a esse novo momento da moda, pelos mais importantes  especialistas do setor, é impossível negar que a carga de informação que essas fotos trazem acaba sendo maior do que as dos shows. 





O jornalista Tim Dowling ,do The Guardian, porém, quis viver na pele o que é vestir as principais tendências que predominam essas fotos e o resultado é um experimento cômico, critico, mas bem estiloso. A gente sabe que várias tendencias,ou truques da moda são feitos apenas para que as pessoas fiquem bem na foto ou sejam fotografados, mas muitas delas são pouco usáveis, quando a questão é conforto e mobilidade.

"Colocar o seu casaco sobre os ombros como uma capa não é nova , mas ninguém costumava chamá-lo shoulder-robing. A única coisa nova sobre isso é que, aparentemente, ele não é mais estúpido." Tim Dowling


Dowling, também explicou colo ele se sentiu usando essas roupas, desta maneira,  e com um tom de humor explicou por que ele não usaria algumas dessas regras. Vale muito a pena conferir todos os looks e comentários que ele fez. 






QUAL TENDÊNCIA DE STREET STYLE VOCÊ MENOS GOSTA? ME CONTA NOS COMENTÁRIOS, QUE EU CONTO QUAL É A  QUE EU DETESTO!








RAINERX Google+ page contents