Mostrando postagens com marcador NYFW. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador NYFW. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

YEEZY SEASON 3 DO KANYE WEST É O FUTURO DA MODA?

Da celebração à cultura negra norte americana, aos protestos velados sobre  segregação e xenofobia, Yeezy tem contribuído para a construção de uma nova moda. Há editores e críticos de moda que simplesmente rechaçam as coleções, no entanto o impacto é indiscutível. Com um lançamento milionário no Madison Square Garden, arena lotada de celebridades, incluindo toda a família Jenner Kardashian e o lançamento mainstream de The Life Of Pablo (transmitido em livestream pelo Tidal), Yeezy season 3 ainda consegue chamar atenção. A performance dá o tom da moda que está sendo apresentada, e as estritas regras aos modelos, garantem que o espetáculo passe sua mensagem de empoderamento, revolução e busca por algo novo.

Há quem diga que a moda de Yeezy é muito jovem e sporty, na literalidade ela é, vem embalada pela atmosfera do Hip-hop, pelo glamour Kardashiano e pela busca artística de seu criador, é de fato algo que se esforça, e muito, para ser pretensioso. No entanto, Yeezy representam um canvas que está sendo pintado, se você acompanhar a evolução da Season 1 e Season 2 para a atua, vai perceber uma narrativa muito forte sobre empoderamento. É como se fosse, ou quase, uma nova escola da moda, que já tem adeptos, estudiosos e principalmente mercado.







O QUE ACHARAM DA COLEÇÃO? YEEZY SEASON 3 É O FUTURO DA MODA? ME CNTE NOS COMENTÁRIOS!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

NYFW 2




A NYFW  é famosa por seu calendário louco, quase impossível de cobrir e acompanhar, a menos que você tenha uma equipe gigantesca para rodar durante os mais de 350 shows (oficiais e não oficiais) que acontecem. Mas a semana de moda de New York também é famosa pelo grande número de marcas famosas que desfilam nela: Marc Jacobs, Marc by Marc Jacobs, Donna Karan, Tommy Hilfiger, Michael Kors, Alexander Wang, Victoria Beckham, The Row, Proenza schouler,  Boss, Ralph Lauren, Lacoste, DKNY, DVF, Tory Burch, J.Crew, Carolina Herera, Zac Posen, Calvin Klein, além do hypado Kanye West. Mas foi a Rossie Assoulin, que pra mim se destacou! Mostrando uma coleção que brinca com o paradoxo entre minimalismo e maximalismo, apostando em shapes expansivos, mas com paleta de cores solidas. Bem diferente do que a NYFW inteira apresentou, né?








segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

NYFW 1



Eu sempre tenho problemas em escrever sobre as semanas de moda. Por que é muito conteúdo é preciso ter muita disciplina, detalhar tudo e ter certeza que as informações que estou reproduzindo estão corretas e que os comentários que escreva não seja conteúdo de algum jornalista. Pra mim exclusivamente é difícil não por que eu tenha preguiça de pesquisar, ou de sentar e escrever, mas é extremamente difícil por não estar no evento e moda é um setor altamente visual. Mas eu vou tentar trazer algo bacana sobre as próximas semanas de noda, não prometo que escreverei posts sobre as coleções, ou todas as tendencias, para esse tipo de post tenho ótimas recomendações como o blog da Lillian Pacce, o FFW e o The Cut.

Pra começar esses posts, eu gostaria de compartilhar aqui algo que me deixou bastante feliz. O modelo Jack Eyers foi destaque na NYFW, ao desfilar para a FTL MODA,  chegando a ser destacado como o primeiro modelo com deficiência física a desfilar no line up oficial da semana de moda de Nova Iorque, o que posteriormente foi negado, com a constatação de que já houve outros modelos com deficiência na NYFW. (Só que as pessoas nem se quer se lembravam). Com tanta loucura que acontece nessa que é a maior das semana de moda no mundo, com mais de 120 show no line up oficial,  com celebridades, it girls e bloggers por todos os lados, festas, barracos, essa noticia importantíssima foi praticamente ignorada pela imprensa mundial especializada em moda, no entanto esse é um capitulo importantíssimo na muito discutida democratização da moda. A participação de pessoas com deficiência física ou de qualquer outra natureza ( A semana de moda de NY também contou com a importante apresentação da 1ª modelo com síndrome de dawn e "coroou" a 1 ª top model com vitiligo), abrem espaço para que marcas novas ou já estabilizadas, conversem com esse público que cada dia mais aceita melhor seu corpo e suas condições físicas, sobre o que eles precisam e o que a moda pode oferecer. Abre-se à comunidade da moda a oportunidade de aprofundar os debates sobre ergonomia, materiais, tecnologia e estilo para diferentes tipos de corpos. 











RAINERX Google+ page contents